Machine Learning na Indústria 4.0

Machine Learning na Indústria 4.0

Machine Learning, ou aprendizagem de máquina em português, é uma ferramenta fortemente ligada à Indústria 4.0, presente em praticamente todos os setores e exercendo um papel essencial para a automação dos processos industriais. A prática consiste na utilização da Internet das Coisas (IoT) para a criação de um banco de dados em que se possa depositar informações, afim de alimentar a máquina que as usará para “aprender” conceitos relevantes para os processos em que será inserida.Apesar de parecer um conceito abstrato, o Machine Learning se tornou comum e indispensável para diversas áreas profissionais, desde sites de venda que o utilizam para indicar produtos a clientes, até grandes indústrias que automatizam parte da sua produção afim de otimizar o tempo.

Como funciona

A etapa inicial para a criação do Machine Learning é o “treinamento” do software para reconhecer padrões, para isso um programador fornece exemplos e dados para criar a base de conceitos da máquina, supervisionando se o programa efetua as conexões lógicas de acordo com o esperado. Com os conceitos básicos definidos, a máquina será alimentada com um banco de dados IoT constantemente atualizado, aprimorando a capacidade do sistema de reconhecer situações diversas e tomar decisões de acordo com a necessidade da empresa.

Aplicações

Diversos setores da indústria já estão utilizando o Machine Learning para aprimorar seus processos e otimizar o tempo de produção. Para garantir que a tecnologia seja aplicada da melhor forma, cientistas de dados analisam as necessidades de cada empresa e adaptam seus softwares para atendê-las.A capacidade de coleta e retenção de informações proporcionada pela aprendizagem de máquina torna possível usar os dados históricos dos equipamentos para identificar possíveis falhas nas máquinas antes que aconteçam, proporcionando à empresa a possibilidade de efetuar uma manutenção preventiva e evitar a parada da sua linha de montagem.

Assim como o software consegue identificar alterações nas máquinas, também é possível usá-lo para analisar as peças produzidas, verificando a qualidade e integridade no resultado. Essa ferramenta elimina a necessidade de inspetores constantemente de olho na produção, dando a eles a capacidade de usar a aprendizagem de máquinas para agilizar a etapa de validação.Embora ainda esteja em estágio inicial, o uso de Machine Learning em robôs já acontece, sendo usado para ensiná-los a forma correta de realizar uma função, além de identificar e corrigir possíveis erros na linha de montagem. A forma mais comum dessa prática é na utilização dos robôs para etapas simples da montagem, como corrigir a orientação de uma peça. Nesse caso, os robôs são ensinados sobre o posicionamento e a forma correta do item que vão supervisionar, e a partir disso aprendem a identificar e corrigir qualquer peça discrepante na linha de montagem.A Promarking se mantém sempre atualizada sobre as novas tecnologias da indústria para garantir os melhores resultados em todos os projetos. Incluímos em nosso catálogo serviços com tecnologia de ponta para aumentar a competitividade da sua empresa no mercado. Contamos com uma equipe técnica especializada e disponível 24/7/365, preparados para automatizar e adaptar as nossas soluções à realidade da sua empresa. Entre em contato conosco.

Veja mais

Laser do tipo fibra: conheça a tecnologia por trás das nossas máquinas de gravação a laser

SAIBA MAIS

Solda a laser: o guia completo para entender essa tecnologia

SAIBA MAIS

O 5G no Brasil

SAIBA MAIS

A importância da qualidade na empresa

SAIBA MAIS